Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

é irracional..

SE UM CÃO FOSSE SEU PROFESSOR...
Você aprenderia coisas assim:

Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.
Nunca perca uma oportunidade de passear de carro.
Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
Mostre aos outros que estão invadindo seu território.
Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
Corra, pule e brinque todos os dias.
tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquido e deite debaixo da sombra de uma árvore .
Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado... volte e faça as pazes novamente.
Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
Se alimente com gosto e entusiasmo.
Coma só o suficiente.
Seja leal.
Nunca pretenda ser o que você não é.
Se você quer se deitar em baixo da terra, cave fundo até conseguir.
E o mais importante de …

Um dia volta pra você também BRASILEIRO e/ou BRASILEIRA e vai faltar cadeia

Sem casa, pedindo comida, e de
bicicleta em busca de trabalho
Casal conta suas experiências como desabrigado no Japão em meio à crise

Para o casal, o panorama do país é sombrio:
“Pelo tanto de desempregados que há, vai faltar cadeia”

(Texto e Foto: Osny Arashiro/ipcdigital.com)
São mais de 400 quilômetros de estrada e história reunidas na bagagem pessoal do casal F., 22,  E., 26. Seria mais uma aventura de andarilhos de bicicleta, não fosse a condição de desempregados e desabrigados que enfrentam, vítimas da atual crise econômica.
O casal morava em Toyoda, perto de Iwata (Shizuoka), quando perdeu o emprego, ainda no verão, e teve de desocupar o apartamento da empreiteira. Vagando pelas ruas, obteve ajuda de uma funcionária de outra empreiteira, que indicou o casal para trabalhar na província de Hyogo. Mas o novo trabalho, numa fábrica de marmitas, durou apenas um mês. No final de outubro, eles foram cortados e voltaram à vida de desabrigados. “A empreiteira não soltava vale e, em casa, não t…

Suspiro

Alguns suspiros aliviados
surgem de nossa alma
ao contemplar a vida

Como pode ser tão linda?
Como pode ser tão feia?
Tão doce e amarga, tão extrema
e tão equilibrada?

Vivendo a vida entre amigos
entre seus entes queridos
surgem momentos de paz tão profundos
que só os olhares e sorrisos dos filhos nos podem dar

:-)

Hoje

Hoje é aniversário dela.
Faz 6 anos.
Tem expectativa de um bolo,
cantar parabéns em família,
abrir um pacote de presente.

É, ela agora já entende.
Nunca teve uma festa de aniversário.
Isso nem é novidade por aqui, nunca temos, nem sentimos esta necessidade.
Mas ela agora sente.

Nem é muito,
um bolo pequeno, cantar em família, um pacote pra abrir.
Eu não sei como resolver isso.
Falar de novo: não tem dinheiro?

Agora não dá, desta vez não deu, fica pra próxima?
A vendinha tá esperando seus 500 reais há uns 4 meses,
o verdureiro também,
O proprietário já pediu a casa.

Alguns pequenos problemas rotineiros
ficam tão enormes e desproporcionais
quando o ser perde suas esperanças
quando perde seu equilíbrio emocional.

É meio parecido com a força dos braços ou pernas,
depois de um esforço extremo e prolongado.
Simplesmente não respondem mais aos comandos do cérebro.
Agora entendo como se morre na praia.

Superior Cursando

Uma mulher foi renovar a sua carta de condução.
Pediram-lhe para informar qual era a sua profissão.
Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.
"O que eu pergunto é se tem um trabalho", insistiu o funcionário.
"Claro que tenho um trabalho", exclamou . "Sou mãe".
"Nós não consideramos 'mãe' trabalho. Vou colocar Dona de Casa", disse o funcionário friamente.
Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona da situação.
"Qual é a sua ocupação?" Perguntou.
Não sei o que me fez dizer isto; as palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora:
"Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."
A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar para o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem. Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.
E…

Dignidade

O que será dignidade?

"Dignidade", gravada pelo Sr. Banana.

...Dignidade já
não faz mais parte do vocabulário
dessa língua que se chama português.
Há muito tempo esquecida no Brasil
essa palavra significa luta contra o poder.
Passando fome, não espere que o homem
tenha capacidade de resistir e enfrentar
ficando muito mais fácil pra quem domina
já que o povo analfabeto não tem como protestar.
Eh! dignidade foi-se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.

Segundo os dicionários, a palavra "dignidade" possui vários significados, entre eles:

decência; decoro; respeito a si próprio;
honestidade; honra; respeitabilidade; autoridade moral




O cidadão sente orgulho de seu trabalho. O faz com esmero, dedicação e competência. Sente orgulho em ganhar o dinheiro que paga sua subsistência. E a sensação de missão cumprida o envolve ao quitar suas contas.
Sejam atrasadas ou em dia, melhor em dia. Mas pagá-las é digno. É algo do que se orgulhar. Mas não sei se mais do que alimentar a própria família.