Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Belíssima defesa

Pontuar? Depende do gênero, do leitor... Use diferentes textos e revele as diversas possibilidades que os sinais gráficos oferecemPaola Gentile (pagentile@abril.com.br)

Separar frases com vírgulas pode? E terminar uma oração interrogativa com reticências? Ao criar um texto — e também ao corrigi-lo —, todo mundo enfrenta dúvidas desse tipo. Mas talvez não seja o caso de se angustiar tanto diante das incertezas. Afinal, os linguistas garantem: em pontuação, não existe certo ou errado. Só o "depende"... Depende da intenção do autor, do gênero do texto, do leitor que se quer alcançar. Os sinais que tanto atormentam estudantes (e mestres) nada mais são do que formas gráficas de atribuir significado e dar coesão ao que criamos, garantindo que a mensagem será entendida. Com as mesmas palavras, na mesma sequência, conseguem-se diferentes sentidos. Duvida? Faça o teste abaixo.


TESTE

Que pontuação usar? Para provar que existem diversas possibilidades, preparamos um teste. Quantas formas…

Produtividade. O que é mesmo?

Tecnicamente ter produtividade é fazer mais com menos.
Onde menos pode ser menos tempo, dinheiro, esforço, em fim qualquer coisa que vc queira economizar.

Muito se discute atualmente sobre escolher entre multifareta (fazer várias coisas ao mesmo tempo) e monotarefa (fazer uma coisa só de cada vez) para aumentar a produtividade.

Confesso que estou adorando pensar neste assunto, pois foi aqui que consegui encontrar uma séria de boas justificativas para entender e aceitar determinadas posturas minhas, muito pessoais. Vou exemplificar.
Acho horrível ficar lavando louça depois de comer. Também não gosto de ter que lavá-la imediatamente antes de começar a cozinhar. Mais que precisar encontrar um horário intermediário para resolver esta questão, eu precisava conseguir não me ofender quando alguém vinha até minha casa (convidado ou não) e ficava me olhando com aquela cara de "credo!!!!" pia cheia de louça suja!

Sinceramente acredito que TODO problema tem solução. Se algo me incomoda…

Especialista em Gestão do tempo e Produtividade

Acredito que poderemos começar a nos considerar um Especialista em Gestão do tempo e Produtividade quando conseguirmos mesclar com um bom equilíbrio a mono com a multitarefa.

Eu explico.

Em alguns cenários, concentração total pode ser a diferença entre a vida e a morte. Nestes momentos mais críticos a monotarefa será de fundamental colaboração.

Noutros cenários mais tranquilinhos, a multitarefa será uma grande aliada.

Vou dar um exemplo bem básico de um momento onde a multitarefa poderá transformar poucos minutos em horas, aumentando muito sua produtividade:

imagine a seguinte cena, você precisa passar pano de chão na casa e lavar roupas (= deixar de molho mas dar uma esfregadinha de vez em quando). Se a cada ida ao tanque para enxaguar o pano de chão você der uma esfregadinha nas roupas e ainda soltar um pouco da água da máquina num balde para enxaguar o pano, o que acontece? Provavelmente você fará as duas tarefas simultânea e alternadamente. Concluindo ambas no tempo de apenas uma.…

Coisa Nova

Quando descobrimos algo novo e muito bom temos o impulso de sair por ai espalhando pra todo mundo. Primeiro os parentes e amigos, depois todo mundo, indiscriminadamente.

Aquilo nos parece tão bom que por vezes ficamos insistindo, mesmo quando parece não ter despertado interesse no outro. A primeira impressão é de que houve uma falha nossa, não explicamos direito.

A verdade pode até ser esta, no entanto o mais provável é que não interessa mesmo. Não faz diferença se nós explicamos direito ou se o outro que não conseguiu entender o "brilho" da coisa. Não interesse agora, ponto final.

Meio como amar maçã do amor mas recusar porque já está de estômago cheio. Detestar chuchu e não estar disposto a vencer esta postura hoje. Só isso. Simples assim.

Meu recado é: não pare de compartilhar. Existem outros tantos sedentos pelo que você veio trazer. Ainda que não demonstrem, não comentem ou até digam não quero saber. Ofereça seu presente, apenas isso.

bjim
Marcia

"Parva que Sou" - Deolinda no Coliseu dos Recreios 2011

Na sua opinião, qual é o objetivo da existência da vida, não só a do ser humano, de todas as formas de vida?

Existe um longo caminho entre ter um opinião a respeito e ela ser considerada como a verdade... então vamos lá....

Na minha opinião, o objetivo da existência da vida, não só a do ser humano mas de todas as formas de vida é a experiência.

Supondo que existe um Deus e que ele é TUDO, para experimentar algo menor que TUDO é necessário dividir-se em diferentes partes. Onde umas experimentam ser noite, outras dia. Umas vivenciam o amor outras a dor. Uns experimentam pelos, penas, asas, patas, veneno, cores, aromas...

Partindo da premissa de que somos todos átomos, também somos o que ainda não chamamos de vida: pedra, madeira "morta", espelho, sapato, computador, café, cigarro...

A diversidade existe não só para que Deus possa experimentar cada possibilidade mas PRINCIPALMENTE para que possamos criar quem queremos ser durante a interação com o outro. Independentemente do outro ser algo animado ou inanimado.

Beijos!

para @Fernando Gonçalves Faia Filho, via Facebook

Você acredita em vida após a morte? E se sim, o que você acha que acontece depois?

SIMmmmm

E se sim, o que você acha que acontece depois?
Acho que adquirimos a consciência e a percepção de que
1) a vida nunca se acaba, apenas se transforma
2) o tempo não existe de maneira linear como imaginamos
3) nós não deixamos de existir, apenas mudamos o foco sobre onde estamos coexistindo simultãneamente
4) entendemos finalmente que somos todos um só

adorei sua ideia, conte comigo!pode me cutucar se eu sumir...



para @Fernando Gonçalves Faia Filho, via Facebook