Pular para o conteúdo principal

Produtividade. O que é mesmo?

Tecnicamente ter produtividade é fazer mais com menos.
Onde menos pode ser menos tempo, dinheiro, esforço, em fim qualquer coisa que vc queira economizar.

Muito se discute atualmente sobre escolher entre multifareta (fazer várias coisas ao mesmo tempo) e monotarefa (fazer uma coisa só de cada vez) para aumentar a produtividade.

Confesso que estou adorando pensar neste assunto, pois foi aqui que consegui encontrar uma séria de boas justificativas para entender e aceitar determinadas posturas minhas, muito pessoais. Vou exemplificar.
Acho horrível ficar lavando louça depois de comer. Também não gosto de ter que lavá-la imediatamente antes de começar a cozinhar. Mais que precisar encontrar um horário intermediário para resolver esta questão, eu precisava conseguir não me ofender quando alguém vinha até minha casa (convidado ou não) e ficava me olhando com aquela cara de "credo!!!!" pia cheia de louça suja!

Sinceramente acredito que TODO problema tem solução. Se algo me incomoda, me parece um problema, vou em busca de uma solução. Palhativa ou definitiva, não importa. O que importa é não ficar sofrendo a toa.

Nunca fui de dar muita bola para o que os outros pensam ou deixam de pensar. Também não me procure para saber as últimas do bairro porque vai sair sem notícia alguma. Não dou conta nem da minha vida, imagina que vou ter tempo para cuidar da vida dos outros.. MAS... vivemos em sociedade e apesar de eu amar os computadores, eles não são meus únicos interesses na vida. Então, lá vou eu tentar ter um mínimo de adequação aos padrões sociais locais conforme o local específico de minha moradia (que tem mudado com bastante frequência).

No entanto, com uma boa justificativa para fazer ou deixar de fazer algo, pelo menos minha consciência já se tranquiliza. Ter a cabeça cheia de idéias sobre produtividade tem acendido algumas luzes neste sentido.

Uma delas foi hoje fazendo café.
Eu estava trabalhando no pc, como sempre. Mas queria tomar café e não tinha quem fizesse para mim.
Ficar na cozinha esperando a água ferver (minha cafeteira pifou) me pareceu MUITO anti produtivo. Então coloquei a água (mais de meia leiteira) para ferver e voltei ao pc.
Adivinha.
Só lembrei de voltar lá porque escutei a água fervendo. Já estava no fundo da panela. Tinha evaporado quase tudo. Bom, neste cenário ficou mais produtivo "perder tempo" olhando a água até ferver do que perder o gás de cozinha a tôa (que aliás está custando bem caro).
No entanto fui procurar os demais apetrechos enquanto esperava e descobri que o coador (uma espécie de peneira plástica reutilizável) não estava limpo. Só pra variar. Precisei lavá-lo e percebi que o meu tempo não tinha sido mais perdido. SE eu deixar o coador para lavar na hora de fazer o café (eu faço de 2 a 3 vezes por dia) isso será mais produtivo que deixá-lo limpo. Matematicamente falando, é.

Outra situação que percebi a importância da multi tarefa foi no dia da faxina. Já falei isso noutro post, mas vou repetir frisando que também economizei água, sabão, energia. Eu precisava passar pano no chão e também lavar roupas. Então enchi a máquina e coloquei pra bater. Voltei para um cômodo da casa e passei o pano. Agora precisava enxaguar o pano de chão, antes do próximo cômodo. Soltei um pouco da água com sabão da máquina num balde e nela limpei o pano. Antes disso esfreguei algumas manchas das roupas ainda no molho da máquina. Voltei para o próximo cômodo e assim fiz até liquidar com todos.

Resumo, no tempo de uma tarefa, fiz duas. Isso é produtividade, não acha? Aqui a multi tarefa foi muito positiva.

Envie suas experiências para compartilhar aqui nos comentários.
Abraços


Postagens mais visitadas deste blog

Condicionamentos e Padrões de comportamento

Fantástico, recomendadíssimo!!!
Assistindo um hangout hoje, do Recalculando a Rota aprendi mais que a soma de muitos livros, filmes ou experiências de vida que já tive oportunidade de ter contato até agora. Tudo bem resumidinho, direto ao ponto, recheado de "pulos do gato".


Considere substituir a palavra Universo por outra que se sinta mais confortável. Deus, Senhor do Mundo, Anjos... seja lá qual for a Fonte Maior que entenda como poderosa ou capaz o suficiente de fazer mais por você que você mesmo.

Segue um resuminho do que (penso que) aprendi:
Vamos perguntar porque agimos da maneira que agimos?
Existem diversos condicionamentos, ou padrões de comportamento que adquirirmos durante nossa vida em função dos acontecimentos a nossa volta.
Por exemplo:  Estávamos aprendendo algo (dirigir, nadar, cavalgar...) e fomos expostos a uma reação grosseira e exagerada de quem estava próximo (por algum erro cometido por nós) e então adquirimos um padrão de querer ser perfeitos para nao p…

Quando você muda o modo de observar as coisas, as coisas mudam

Frase


O amor é a solução. 
 "Existem três tipos de pessoas: as que deixam acontecer, as que fazem acontecer e as que perguntam o que aconteceu." (John Richardson Jr.). 
"Não devemos ter medo dos confrontos. Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas." (Charles Chaplin).


Sou uma metamorfose ambulante...

Você está "achado" ou perdido?

Faz diferença?
Quando oferecemos uma chance a nós mesmos e nos mantemos mais vezes em auto observação, enxergamos. Enxergamos as oscilações comuns de nossa energia. Não importa muito a frequência e regularidade. Importa perceber acontecendo para ganhar a possibilidade de escolha.

Repare. Em alguns momentos nos sentimos fracos, sem boas ideias, com sono ou chegamos até a adoecer. Noutros estamos com o gás todo, com saúde e energia de querer salvar o mundo ou resolver todos os problemas que surgem a nossa frente.

Não é apenas uma sensação, é uma capacidade verdadeira. Genuína. Uma competência, nem sempre disponível. Portanto, mais que aproveitar bem quando ela se manifesta, pode ser interessante prestarmos atenção no que a produziu. O que motivou ela a se manifestar.

Pode ser uma alimentação mais saudável, um projeto novo ou antigo finalmente possível de ser realizado. Um novo amor, a nova estação...
A recíproca é verdadeira. O que nos sugou a energia?

Você está "achado" ou p…